Não é bloqueio criativo.

14 outubro 2013

Ultimamente tenho escrito muito pouco, e não é bloqueio criativo. Temas sobre os quais escrever não me faltam, na verdade já tenho umas três ou quatro frases de efeito prontas na minha cabeça pra serem colocadas em textos que aposto que vão ficar bons. Ideias também não faltam. Então o que está faltando? Na verdade nada. Não me falta nada e é justamente por isso que não tenho escrito. 

Escrever sempre foi um meio de fugir, de desabafar quando as coisas não estavam muito bem. Mas ultimamente as coisas andam ótimas, perfeitas, e eu posso muito bem escrever sobre isso: felicidade. É só que as coisas andam tão bem, mas tão bem que palavras parecem não ser suficientes pra descrever tudo que se tornou realidade na minha vida nos últimos três meses.

Não vou abandonar o blog, de jeito nenhum. Mesmo que palavras não pareçam boas o suficiente pra dizer o quanto estou feliz eu sempre posso tentar chegar perto. A criatividade não está em falta e prometo que dentro em breve vocês vão descobrir quais são as frases de efeito que estão na minha cabeça! Afinal preciso escrever logo essas, antes que outras surjam e no fim eu acabe esquecendo de todas e comece um bloqueio criativo (socorro!).

6 comentários

  1. E por que não escrever sobre a sua felicidade mesmo?
    Eu, particurlamente, amo escrever coisas boas. É bem verdade que as vezes parece que não é suficiente, mas textos de auto estima, amor correspondido e felicidade infinita são tão bons de ler, sabe? Faz bem para os que não estão lá muito bem, servem de incentivo. Adoro ler quando comentam 'nossa, esse texto me fez sorrir junto' ou 'obrigada, estava precisando ler isso'
    E se você ama escrever, escreva o que for pelo simples fato de estar escrevendo. Bom ou ruim, feliz ou melancólico.

    Beijos,
    www.miragemreal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol! (pode chamar assim? rs) Vou escrever sim, tentar mostrar o quanto ando feliz com as palavras mais bonitas que eu achar no dicionário :)

      Excluir
  2. Espero que tudo passe e ja quero novos textos aqui :D
    é tudo um momento

    Beijos Jéssica R. Coelho BLOG

    -Sorteio p/ quem é de Curitiba

    ResponderExcluir
  3. Costumo dizer que não importa quão bom seja um texto ele nunca será bom o suficiente para expressar algumas alegrias, mas sempre será bom o suficiente para explicar nossas tristezas.

    Beijos,
    santaitonia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tinha pensado assim Vic, mas concordo com você. :)

      Excluir
  4. Isso já aconteceu comigo. Mas acho que é apenas fase, com o tempo você percebe que é possível escrever sem sentir tudo o que está no texto, o Eu Lírico surge assim.
    the-paradiise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Almost the Moon, 2013 - 2017 ©. Desenvolvido por Michelly Melo.